POR QUE PENSAR BRT?

Por que pensar BRT? | Mobilidade Volvo

Um estudo realizado pelo Ipea –  Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – apontou que 65% das pessoas nas capitais utilizam transporte público para se locomover. Em contrapartida, metade da população que utiliza ônibus, metrôs e trêns em grandes capitais está insatisfeita com os serviços disponibilizados.

Como característica do que poderia ser um bom transporte, todos os usuários entrevistados responderam que seria a rapidez do veículo.

Para ajudar a solucionar esse problema, algumas capitais do Brasil e do mundo aderiram ao sistema BRT – Bus Rapid Transit. Essa solução trabalha com corredores de ônibus de grande capacidade, articulados ou biarticulados, que aumentam o número de pessoas transportadas, melhoram a qualidade de vida dos usuários e do serviço que é prestado.

Além disso, esses recursos reduzem a frota de veículos e, por consequência, beneficiam o meio ambiente, devido à diminuição das emissões de gases.

Os BRT’s existem para facilitar a rotina dos passageiros antes mesmo que eles entrem no ônibus. Isso porque o conceito de mobilidade não deve ser pensado somente no momento que o indivíduo adentra o veículo. O deslocamento deve ser compreendido tendo como referência o momento que o cidadão sai do local de origem até o ponto de chegada.

Por isso é importante a existência de uma estrutura apta a acomodar os usuários durante todas as etapas do deslocamento.

A Volvo é lider na produção de chassis articulados e biarticulados para o sistema BRT e ajudou a legitimar a solução, considerada referência mundial.